segunda-feira, 16 de junho de 2008

O fanzine

A segunda edição do Mané a Troá foi lançada em junho de 2008 no Virgulino e veio recheada. “Memórias de um cientista emocore e de sua boneca inflável”, “Alice cospe-fogo”, “Mulheres de plástico ou plasticidade do fetiche” e “O colecionador de clitóris” são alguns dos textos que completaram a edição. Em breve colocarei alguns deles aqui no blog. Por enquanto, clica ao lado para visualizar a capa e o interior!

3 comentários:

Bina Botellas disse...

será que alguém leu o fanzine? ou apenas comprou para ser cult??

kah disse...

Cult de C.. é R...
eu li sim!! e adorei =P
me indentifiquei tanto...
enfim.. quero mais :)
kah.

Anônimo disse...

comentários com palavras de baixo calão são sempre mais emocionantes....